Mundo Empresarial

[Mundo Empresarial]
[Mundo Empresarial]

Diza Alimentos, de Rio Claro, mostra grande lição de gestão através do sucesso da marca

[Diza Alimentos, de Rio Claro, mostra grande lição de gestão através do sucesso da marca]

Fala sério, comer é tudo de bom, não é? Mas comer alimentos de qualidade, é melhor ainda. Nas prateleiras dos mercados as opções de marcas são muitas, mas quando sabemos que um produto é bom e cabe no nosso orçamento, com certeza é sempre aquele que vamos escolher para levar para casa e dividir com quem gostamos. Foi assim, priorizando a qualidade e pensando sempre no consumidor final, que a Diza Alimentos se tornou uma empresa referência no ramo alimentício.

Antes de fazerem da empresa um importante nome do mercado varejista em todo Brasil, os empresários que comandam a Diza tiveram que apostar em investimentos. A empresa iniciou as atividades em 1996 e em 2006 teve uma grande ampliação, crescendo mais que o dobro em espaço físico. Mas foi em 2016 que a Diza se transformou, cresceu ainda mais e se tornou um verdadeiro complexo industrial.

Atualmente a linha de produtos é extensa. Além das azeitonas, que são o carro chefe com diversas versões e tamanhos, a marca também oferece azeites, palmitos, champignons, molhos de pimenta, alho e tomates, frutas secas, doces enlatados, atum e conservas como tomate seco, alcaparras, pepinos, picles, entre outros. Ufa! Dá para agradar todos os paladares.

“Eu procuro comprar somente produto bom, produto de primeira. Então creio que o nosso diferencial é a qualidade”, contou Dirceu Zamboni, um dos diretores que tem acompanhado toda essa trajetória de sucesso de pertinho. O slogan da empresa faz jus ao grande trabalho que a empresa vem realizando durante todos esses anos no mercado: sabor e qualidade em tudo que faz.

Para ver a reportagem completa, acesse o link: https://www.youtube.com/watch?v=vni32NzvUhk

[Amanda Roventini]

Por Amanda Roventini

Amanda é jornalista, tem 25 anos e desde 2015 faz parte do time de conteúdo do Mundo Empresarial.

Comentários