Mundo Empresarial

[Mundo Empresarial]
[Mundo Empresarial]

Empresas buscam funcionários com espírito empreendedor

[Empresas buscam funcionários com espírito empreendedor]

Quem nunca ouviu ou perguntou a frase: o que você vai ser quando crescer? Engenheiro, jornalista, médico, músico, astronauta... Costumamos desde cedo projetar em nossas mentes planos para uma boa carreira profissional, as vezes influenciados por familiares, ou mesmo pela ambição. Afinal, dinheiro é bom e todo mundo precisa dele. Mas uma coisa é certa, para se posicionar bem no mercado de trabalho – ainda mais no cenário econômico que nosso país vem enfrentando – além de conhecimento e esforço, é necessário mais uma qualidade: espírito empreendedor.

Um estudo feito por professores da Escola Superior de Empreendedorismo Sebrae-SP, chegou à conclusão de que o espírito empreendedor é uma competência cada vez mais exigida pelas grandes empresas. E não é para menos, as características de um empreendedor inteligente envolvem criatividade, competência, determinação, iniciativa. E qual empresa não quer um colaborador com atributos tão positivos, não é mesmo? E isso já tem nome, o intraempreendedorismo, modalidade de empreendedorismo que consiste na prática dos funcionários possuírem a capacidade de atuar como donos de negócios.

Outros fatores identificados pela pesquisa como importantes nos processos seletivos são: trabalho em equipe, construção de relações pessoais, compromisso com os valores da companhia, autoconfiança e atuação profissional ética. Para despertar o espírito empreendedor dentro de cada um é importante ter em mente que as oportunidades precisam sempre ser muito bem aproveitadas, estar por dentro das tendências de mercado, ser persistente, correr riscos e ter compromisso em tudo que se faz.

Mas como colocar o intraempreendedorismo em prática? É necessário estabelecer atitudes de valorização dos colaboradores, de uma forma que se sintam parte das conquistas da empresa. Algumas dicas são: defina objetivos, delegue tarefas, oriente a equipe, e confie. Com um grupo de trabalho engajado e disposto, o seu negócio pode ir muito mais longe!

[Amanda Roventini]

Por Amanda Roventini

Amanda é jornalista, tem 25 anos e desde 2015 faz parte do time de conteúdo do Mundo Empresarial.

Comentários